As áreas escolhidas são considerados de alta concentração de tráfego pela companhia. Empresa alega que implantação melhora em 50% a cobertura do 4G e as velocidades do acesso móvel na região dos pontos de ônibus selecionados.

A TIM anunciou hoje, 16, o início de um projeto de ampliação de sua cobertura móvel a partir do uso de pontos de ônibus. No caso, a tele vai colocar antenas de pequeno tamanho em locais de São Paulo. A capital paulista receberá também reforço de sinal na região do estádio do Pacaembu. Guarulhos, cidade vizinha e parte da região metropolitana, também faz parte do projeto Street Level Solution (SLS).PUBLICIDADE 

Todos os novos sites são em tecnologia 4G, segundo a TIM. Os pontos de ônibus atendidos ficam na região da Av. Berrini, da Av. Roque Petroni Junior, no bairro Vila Gertrudes, em torno do estádio do Pacaembu, nas ruas do Jardim Europa, além do Calçadão Guarulhos, na região metropolitana.

Os pontos de ônibus escolhidos ficam em áreas considerados de alta concentração de tráfego pela TIM. Homero Salum, diretor de Mobile Access & Backhaul Engineering da TIM Brasil, afirma que o projeto permite “contornar as barreiras físicas que impedem a propagação do sinal de celular, oferecendo uma cobertura a nível do solo mais uniforme, com mais capacidade de rede, com uma estrutura simples e flexível para o ambiente urbano”.

A SLS utiliza transmissão com fibra óptica e funciona com pequenas estruturas camufladas, imperceptíveis aos usuários, que ficam em abrigos de ônibus, postes, semáforos etc. Por isso, as antenas não causam poluição visual, sendo adequadas para locais tombados, como o Estádio do Pacaembu, diz ainda o executivo. Mais perto dos smartphones, as antenas propagam melhor o sinal, corrigem cobertura e melhoram significativamente o uso de voz e dados, acrescenta.

As medições de rede após a implantação do projeto SLS mostram melhorias relevantes nas taxas de performance da rede. “Incrementamos em aproximadamente 50% os níveis de cobertura 4G e as velocidades de download e upload”, conclui.

A empresa detentora dos pontos de infraestrutura é a QMC. A fornecedora dos equipamentos é a Ericsson. Antes de iniciar a instalação em São Paulo, a TIM já tinha pontos de acesso móvel similares em outras 9 cidades, conforme a tabela abaixo:

UF MUNICÍPIOS
BA Camaçari
ES Guarapari
MG Belo Horizonte
PE Ipojuca
RJ Rio de Janeiro
SC Balneário Camboriú
SC Bombinhas
SC Florianópolis
SC Itapema
SC Porto Belo
SP São Paulo

(Com assessoria de imprensa)