Claro lança rede 4G em São Paulo

A Claro está brigando para valer no 4G. Além de ser a primeira operadora que cumpriu o cronograma inicial de implementação das redes LTE no Brasil, a Claro também antecipou o lançamento da sua rede na capital de São Paulo. A partir de hoje é possível assinar planos compatíveis com o 4GMax, o nome da Claro para a nova tecnologia de telefonia móvel.

4G LTE pode chegar a 100 Mbps — clique para ver o infográfico especial

Não espere, inicialmente, uma cobertura completamente decente na cidade. Na primeira fase da rede, a Claro conseguiu cobrir até uma boa parte da cidade. A operadora disponibilizou ummapa que mostra quais são as áreas cobertas e as áreas de sombra das três tecnologias em operação (GSM, 3G e 4G). O legal é que a cobertura não se restringe apenas na capital, como nas cidades-sede da Copa das Confederações: Barueri, Diadema, Guarulhos, Osasco e Santo André também possuem algumas áreas cobertas.

No entanto, o 4G não é compatível com todos os bolsos: o plano mais barato para desfrutar a rede é de R$ 119, no pacote de dados para modem com 5 GB de franquia. Se você quiser usar no celular, o plano mais barato é o Claro Ilimitado 100 com pacote de dados de 5 GB, ao custo mensal de R$ 219,30.

Para acessar a rede 4G da Claro é necessário o plano de dados específico para a quarta geração, bem como um aparelho compatível com a tecnologia adotada (LTE 2600). A Claro já possui vários aparelhos compatíveis com o serviço. Entre eles: Motorola RAZR HD, Nokia Lumia 820, Samsung Galaxy S III LTE e Samsung Galaxy Express. Em breve chegarão o LG Optimus G, Nokia Lumia 920 e o Samsung Galaxy S 4, com lançamento previsto pela Samsung para 30 de abril. Como modem, a única opção é o Huawei E392, nosso velho conhecido dostestes em Campos do Jordão.

Velocidade

O material publicitário da operadora não gosta muito de tocar na velocidade nominal do 4GMax. Por contrato, a operadora promete a velocidade de 5 Mbps de download e 512 kbps. Essa velocidade é perfeitamente possível de se conseguir através do 3GMax da própria Claro. Na coletiva de lançamento do serviço em Belo Horizonte, o diretor regional Erik Fernandes afirma que na prática é possível conseguir velocidades muito superiores ao estabelecido por contrato. No evento, a rede atingiu a velocidade de 50 Mbps de download e 33 Mbps de upload, mas vale lembrar que a rede estava completamente vazia.

Outra coisa chata é a franquia de dados. Após o consumo integral do pacote de internet, o cliente poderá comprar uma nova franquia de dados ou optar por ter a velocidade reduzida para 128 Kbps (ou 256 Kbps no pacote de 10 GB). E convenhamos que 10 GB é uma quantidade de dados bem pequena considerando a velocidade que o 4G consegue entregar.

A Claro diz em comunicado à imprensa que São Paulo responde pela segunda maior receita em serviços no país, com base de seis milhões de clientes no Estado. Esse detalhe chamou a atenção da nossa redação. Curiosamente, a telecom não quis informar qual é o estado que mais traz dinheiro para a empresa de telefonia móvel do mexicano Carlos Slim. Qual é o estado mais importante para a Claro? Mistério.

O serviço já está disponível para quem quiser assinar. De acordo com informações doTelesíntese, a Vivo também deverá lançar sua rede 4G na capital paulista na semana que vem. Fiquem ligados.